Anúncio Google2

Anúncios Google

Seguidores

domingo, 26 de agosto de 2012

Brasil: A moradia dos Ipês


No Brasil são encontradas dezenas de espécies de ipês, mas três são bastante conhecidas, principalmente por serem usadas na arborização de ruas, praças e jardins. São o ipê-roxo ou ipê-rosa, Tabebuia avellanedae, ipê-amarelo ou ipê-do-morro, Tabebuia chrysotricha, e o ipê-branco ou ipê-do-cerrado, Tabebuia roseo-alba.

Ipê-roxo 
O ipê-roxo é uma árvore de 20 a 35 metros de altura, de copa arredondada e flores rosadas, que se destacam pela inexistência de folhagem nos meses de junho e agosto.
Esta espécie é encontrada do Maranhão até o Rio Grande do Sul.
A madeira do ipê-roxo é dura, pesada e difícel de serrar.
É usada par fazer postes, pontes, tacos e tábuas para assoalho, tacos de bilhar, bengalas, etc.
A árvore em florescimento é um belo espetáculo da Natureza.
É ótima para plantio junto a outras espécies, em áreas degradadas, de preservação permanente.

Ipê-branco
Essa espécie mede de 7 a 16 metros e possui copa alongada.
Sua ocorrência vai do norte do estado de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Góias.
A florada branca aparece de agosto a outubro com a planta totalmente despida da folhagem.
A madeira, moderadamente pesada, macia, de superfície lustrosa, é de ótima durabilidade em ambientes internos, por isso é empregada na construção civil, principalmente para acabamentos internos.
A árvore é usada na arborização de ruas e avenidas.
Em função de sua adaptação em terrenos secos e pedregosos, essa espécie é muito útil para reflorestamentos nesse tipo de ambiente, com objetivo de recompor a vegetação arbórea.

Ipê-amarelo 
O ipê-amarelo mede de 4 a 10 metros e tem uma copa globosa e densa.
Ele ocorre do Espírito Santo até Santa Catarina.
Floresce durante os meses de agosto a setembro. O destaque das flores amarelas é intensificado pela ausência das folhas.
A madeira, moderadamente pesada, resistente e difícel de serrar é própria para tábuas de cercas, postes, rodapés, molduras, etc.
A espécie de ipê-amarelo é a mais culitivada em praças e ruas de nossas cidades.
Seu pequeno porte favorece sua utilização na arborização de ruas estreitas sob redes eslétricas.
Fonte: Revista- Amigos da Natureza- Outubro/2004 n° 38 ano 3

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Tapete Flor Thais

Navegando pela net, olha só o que eu encontrei... mais um belíssimo e muito criativo trabalho da artesã Cristina Luriko.

A...D...O...R...E...I...

Em breve voltarei aqui para compartilhar a minha versão desse tapete... bjsss


Clique aqui e veja o vídeo do programa Ateliê na TV, onde a artesão Cristina Luriko ensina passo a passo como confeccionar esse tapete:

video


terça-feira, 14 de agosto de 2012

domingo, 12 de agosto de 2012

Rosa-do-deserto


Olá pessoal... 
Sempre gostei muito de flores, e agora que tenho minha casa, busco sempre cultivar um jardim diversificado e sempre florido. 
Porém o clima da minha região é muito quente e com cerca de quatro meses de estiagem, fator esse que restringe o cultivo de algumas espécies e favorece o de outras.
A mais nova planta o meu jardim é a rosa-do-deserto e, hoje venho aqui compartilhar com vocês a primeira floração dela, além de algumas dicas interessantes sobre ela bela flor... bjsss


Nome Científico: Adenium obesum
Nome Popular: Rosa-do-deserto , Adenium
Família: Apocinaceae 
Origem: Sul da África e Península Arábica
Ciclo de Vida: perene
Floração: praticamente o ano inteiro
Luminosidade: pleno sol ou meia-sombra
Propagação: estacas caulinares e sementes
A Adenium Obesum pertence à família Apocinacea e é uma suculenta de aspecto escultural e floração exuberante. Conhecida popularmente como rosa-do-deserto, tem o caule engrossado na base (uma adaptação para armazenar água e nutrientes) que pode atingir um metro de diâmetro, e suas flores, em forma de trompete, possuem cores bem variadas, indo do branco ao vinho escuro, passando por diferentes tons de rosa e vermelho, podendo ainda apresentar mesclas e degradeés do centro em direção as pontas das pétalas. O florescimento acontece praticamente o ano inteiro, mas principalmente na primavera.
 A rosa-do-deserto pode ser cultivada à meia-sombra, porém, florações abundantes só serão obtidas sob sol pleno (que é mais recomendado para essa espécie), e deve ser plantada em solo arenoso, com ótima drenagem, irrigado em intervalos esparsos e regulares. Mas não é bom deixá-la muito tempo sem regas e é preciso também prestar atenção para que o solo não fique encharcado, pois, apesar de ser uma planta bastante resistente, por ser originária de locais áridos, não tolera umidade excessiva e pode apodrecer facilmente. Ela também não tolera o frio abaixo de 10° C.

 Fonte: http://www.jardinaria.com.br

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Tapete Decore Laranja


Olá Pessoal... Hoje vim aqui para compartilhar com vocês uma das mais novas criações de Cristina Luriko utilizando o fio Barroco e Barroco Decore da Círculo S/A
Achei o trabalho maravilhoso...



Vamos lá...

Material
- Agulha n. 4; - Fio Barroco n. 9900, 9392, 9368, 9059; - Fio Barroco Decore laranja 

Execução: 
Amarelo - 12pb, 1pbx para fechar; 12pb, 1pbx para fechar; 1pb 3corr pular 1pb de base, 1pb 

Verde - nas 3corr fazer 3pa 2corr 3pa; nas 2corr do leque 3pa 2corr 3pa, 1pa no meio dos leques 

Cru - nas 2corr 3pa 2corr 3pa, em cima do 1pa de base fazer 2pa 2corr 2pa 

Decore Laranja -nas 2corr do leque de base com 3pa fazer  a mesma coisa 3pa 2corr 3pa, 1 pa entre os leques e nas 2corr do leque de base com 2pa fazer a mesma coisa 2pa 2corr 2pa, 1pa entre os leques (união dos módulos) 

Cru - fazer em volta de todo o tapete, no leque das 2corr 3pa 2corr 3pa, 2pa em cima de 1pa de base, na  emenda dos módulos 2pa; nas 2corr do leque 3pa 2 corr 3pa, nos 2pa de base no meio fazer 3pa; última carreira 1pb em cada pa de base e 3pb nas 2corr 

Laranja – Flor - 1pb no pb do amarelo, 3corr 1pb no próximo pb de base, virar a flor 5pb nas 3corr vira a flor novamente 2corr para subir, 1pa no mesmo lugar, 2pa em cada pb de base totalizando 10pa, 1 pb no mesmo lugar.

E, para facilitar na execução, a seguir, estão os vídeos com Cristina Luriko ensinando o passo a passo desse tapete.
Parte 1                       Parte 2

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...